Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

zonaDINAmica

Clube Oficial de Fãs da Cantora e Compositora Dina.

Amor d'Água Fresca - 30 Anos Depois. Energia!

Amor d'Água Fresca inspira-nos... ENERGIA! - e isto nos faz recordar «eras terra, cinza, lava, ardento fogo em mim» de outra canção de Dina: Que É de Ti.

 

 DESIDRATAÇÃO DE FRUTAS, PLANTAS E FLORES 

Para iniciar, fica a distinção entre chá e infusão: Só se considera chá a infusão que provem da planta Cammelia sinensis, e há sete tipos de chá, que são chá branco, chá amarelo, chá verde, chá oolong (ou azul), chá preto, chá escuro e chá violeta; todas as restantes plantas em que se lhes adiciona água fervente (para extrair seus princípios alimentícios ou medicamentosos) são denominadas de infusões. Em resumo, o chá é uma infusão, mas nem toda a infusão é um chá.

- FRUTAS E CASCAS DESIDRATADAS
As frutas desidratadas são óptimos aperitivos/snacks por ter sabor e cor intensos, devido à concentração natural do açúcar da fruta, frutose, ao perder água na desidratação/secagem.
Há que fazer um tratamento pré-secagem, para não haver perdas nutricionais e modificações sensoriais (cor, sabor, aroma e textura), que consiste na lavagem e desinfecção  das frutas inteiras, cortar a fruta com casca, se aplicável, no branqueamento das fatias (melhor ao vapor, para minimizar a perda de vitaminas, açúcares e outras substâncias hidrosolúveis) , seguido do mergulho das mesmas em limão antes da iniciar a secagem propriamente dita.
Há dois tipos de secagem que se pode fazer em casa, a natural e a artificial. A primeira é colocar as fatias da fruta directamente ao sol, em bandejas e redes protectoras contra insectos e poeiras – pode-se reciclar o vidro temperado de um forno sobre uma gaveta (ou caixa) de madeira (interior pintado de preto ou forrado com papel de alumínio) com dois furos laterais opostos (para haver circulação de ar) protegidos por redes; no interior da gaveta colocar rolhas em cada esquina e sobre elas a bandeja ou uma grade de metal de forno, - virando-as de hora em hora para não ficarem queimadas. A secagem artificial consiste em colocar as fatias no forno, microondas ou no aparelho adequado, o desidratador. Estes dois processos se utilizam também para vegetais, plantas e flores. A secagem natural é o processo mais económica e em que os alimentos apresentam uma coloração mais intensa.

Só se aproveitam as cascas da fruta (laranja, por exemplo) que, antes de ser partida, foi devidamente desinfectada inteira, mesmo que seja biológica. A desidratação da fruta e da sua casca deve ser separada, pois os tempos de secagem são diferentes. Exemplo onde se plicam os três métodos (sol, forno e microondas.

- SECAGEM DE PLANTAS

Exemplos: ( 1 , 2 )

Exemplos de secagem de frutas e plantas:  ( 1 )  

maca.jpg

 

- SECAGEM DE FLORES:

Processos de secagem e exemplos: ( 1 , 2 )

v4-460px-Dry-Edible-Flowers-Step-5.jpg


- Outro uso dado às frutas, plantas e flores desidratadas, para além do consumo, é a decoração. Na internet há vários exemplos para inspiração.