Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

Letrário

 

- A Côr da Vida, Acorda Vida

 

- A Ilha do Tesouro (Sair Daqui)

 

- Acordei o Vento

 

- Ai a Noite

 

- Amar Sem Aviso

 

- Amor D'Água Fresca

            - Water Fresh Love (English)

            - L'Amour De L'Eau Fraîche (Français)

            - Amor De Água Fresca (Castellano)

 

- Aqui e Agora

 

- Aqui Estou

  

- Arquitecto

 

- Carregal do Sal

 

- Conta Comigo

 

- De Manhã

 

- Deixa Lá

 

- Deixar-se Ir

 

- Depois de Mim

 

- Depois Não Digas

 

- Desamparem-me a Loja 

 

- Dia Sim

 

- Dinamite

 

- Dura de Roer

 

- Em Segredo

 

- Esta Manhã Em Lisboa

 

- Estar Onde Estás

 

- Faz-me Tua

 

- Gosto do Teu Gosto

 

- Guarda-Chuva

 

- Guardado Em Mim

 

- Há Sempre Música Entre Nós

 

- Isso É Que Era Bom

 

- Lençois de Vento

 

- Nem Mais

 

- O Teu Olhar Mentiu

 

- Pássaro Doido

 

- Peróla, Rosa, Verde, Limão, Marfim

 

- Pode Ser Que Te Esqueça

 

- Por Alto Mar

 

- Por Causa do Teu Olhar

 

- Que É De Ti

 

- Que Vamos Nós Fazer

 

- Retrato

 

- Soa Bem

 

- Suco Açúcar

 

- Tu Sem Mim

 

- Vitorina

 

- Voar Outra Vez

tags:
publicado por zonaDINAmica às 11:09
link do post | DINAmizar

Que É De Ti

(Ana Zanatti / Dina)

Eras puro-sangue, leziria em flor
Minha eterna amante, distante amor
Não esqueci a tua pele salgada
Nem o mar que nos traçou a estrada
Que é de ti doce miragem meu veleiro de ilusões
Soltei velas da memória Naveguei p'la vida fora preso ao mastro das recordações.


Eras terra cinza, lava ardente o fogo em mim que é de ti
Ilha dos amores sonho sem fim
Perguntei ao vento em que redes te prendeu que é de ti
Não me respondeu riu-se de mim.


Eras maré cheia dos meus ideais
A paz e a bonança de temporais
Catedral da minha fantasia
Desenho o teu rosto em cada dia
Que é de ti dá-me um sinal lá donde estás
Ai a saudade nem com o tempo amansa
Não morreu a esperança
Eu não encontro paz

Eras terra cinza, lava ardente o fogo em mim que é de ti
Ilha dos amores sonho sem fim
Perguntei ao vento em que redes te prendeu que é de ti
Não me respondeu riu-se de mim.

tags:
publicado por zonaDINAmica às 11:06
link do post | DINAmizar

Esta Manhã Em Lisboa

(Miguel Castro / Dina)

 

Estou bem estou

Estou boa

Esta manhã em Lisboa

Estou bem e tu?

Estou bem estou na boa

Esta manhã por Lisboa

Estou bem e tu?

 

Podia ser em qualquer parte do país esta paixão por ti

No mais recôndito cantinho do mundo

Iria gostar de ti

Tu ru ru… paixão por ti

É que hoje o Tejo salpicou-me um desejo

E eu guardei-o em mim

Parece não ter fim

 

(refrão)

 

E se as estrelas plantadas no céu

São assim tão iguais

Tanto nos piscam o olho no Japão

Como na baia de Cascais

Tu ru ru… não não aqui brilham mais

Bordadas no xaile da noite por Alfama

E quando à rua sais

Até a lua te acha demais.

tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:55
link do post | DINAmizar

Há Sempre Música Entre Nós

(Cristiana Kopke / Dina)

 

Pela manhã sinto a vontade de cantar
Acordo a voz, agarro a música no ar
Não sei bem se é por magia
Ou se é mesmo assim
Há sempre música dentro de mim

 

Não chores não quando a tristeza te doer
Acorda a voz, canta uma música qualquer
Qualquer música tem magia
Há na música uma alegria
Que vibra lá dentro de ti

 

Há sempre música entre nós
Não chores não, acorda a voz
Cantaremos até o dia nascer...
Há sempre música entre nós
Nós a cantar não estamos sós
Cantaremos até ao amanhecer...

 

Pela manhã sinto a vontade de cantar
Acordo a voz, agarro a música no ar
Qualquer música tem magia
Há na música uma alegria
Que vibra lá dentro de ti

 

Há sempre música entre nós
Não chores não, acorda a voz
Cantaremos até o dia nascer...
Há sempre música entre nós
Nós a cantar não estamos sós
Cantaremos até ao amanhecer...
Até o dia nascer
Até ao amanhecer
Até o dia nascer

tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:47
link do post | DINAmizar

Voar Outra Vez

Letra: Rosa Lobato de Faria / Música: Dina

Álbum: Guardado Em Mim (1993)

 

Abro a janela a perguntar por ti

Não há notícia da tua voz

No grito cruel desta cidade

O dia não fala de nós

 

Quero ir contigo adorar o sol

Entre palavras azuis

E mando na brisa o meu recado

Que parte nas assas da luz

 

Saio da cidade

Saudade de ser outra vez

Voo de gaivota tão solta

Tão sal das marés

E o teu corpo amor, todo a meus pés

 

Quero um beijo amotinar o mar

Dar-te uma pérola, morder corais

E faço do vento o meu cavalo

Contigo só vou onde vais

 

Saio da cidade

Saudade de ser outra vez

Voo de gaivota tão solta

Tão sal das marés

E o teu corpo amor, todo a meus pés

 

Saio da cidade e vou navegar contigo

Navegar contigo e sou barco amor amigo

Barco amor amigo e vou namorar contigo

 

Saio da cidade

Saudade de ser outra vez

Voo de gaivota tão solta

Tão sal das marés

E o teu corpo amor, todo a meus pés

tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:41
link do post | DINAmizar

Amor de Agua Fresca (Castellano)

(Rosa Lobato de Faria / Dina)

 

Tienes tú ojos de rumba en la boca de mora silvestre
Tanta miel, tanto sol, marchitando de gusto, perfil tan jugoso y agreste
 
Tú, fruto y flor de mi país, mandarina fresa
Grosella, ciruela, mi postre de piña y de nuez
 
Cogí, mordí, te metí en la cesta
Tú me haces perder la cabeza
Ven que tengo sed
¡Ay, qué dulce amor de agua fresca!
 
Cogí, mordí, te metí en la cesta
Tú me haces perder la cabeza
Ven que tengo sed
¡Ay, qué dulce amor de agua fresca! Oh...
 
En tu piel - flor de naranja, en la boca - tres gajos de risa
Tanta miel, tanto sol, fruta, jugo, agua fresca, en tus manos dolores de prisa
 
Fue en la tarde ardiendo en ti, aguacate, almendra
La pera francesa, granada, frambuesa, kiwi
 
Cogí, mordí, te metí en la cesta
Tú me haces perder la cabeza
Ven que tengo sed
¡Ay, qué dulce amor de agua fresca!
Cogí, mordí, te metí en la cesta
Tú me haces perder la cabeza
Ven que tengo sed
¡Ay, qué dulce amor de agua fresca!
 
Ah... fue en la tarde ardiendo en ti, aguacate, almendra
La pera francesa, granada, frambuesa, kiwi
 
Cogí, mordí, te metí en la cesta
Tú me haces perder la cabeza
Ven que tengo sed
¡Ay, qué dulce amor de agua fresca!
 
Cogí, mordí, te metí en la cesta
Tú me haces perder la cabeza
Ven que tengo sed
¡Ay, qué dulce amor de agua fresca!
 
Cogí, mordí, te metí en la cesta
tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:40
link do post | DINAmizar

Retrato

Letra: Cristina Kopke

Música: Dina

Single: Há Sempre Música Entre Nós (1981)

 


 

Tu, quando não estás

És recordado

Tenho na memória

O teu retrato

E os teus gestos

E os teus sinais

 

A tua voz em mim

E o teu olhar

Ficam aqui

Quando tu não estás

Por eu te recordar

 

A tua mão no meu cabelo

Ao acenderes o nosso cigarro

E o teu jeito de fazê-lo

Numa promessa louca

Quando a tua boca

Acende em mim

Um desejo mais

Que me parece pouco

 

Tu, és a mão que aperto

O nome certo deste amor

Em mim

tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:39
link do post | DINAmizar

Fresh Water Love (English)

(Rosa Lobato de Faria / Dina)

 

I don't want smoker cigars, noisy music in dark crowed rooms
I don't want fancy cars, too many strangers in bars
Lonely people in lonely cocoons
 
You are a sweet refresh to me, are a juicy fruit chew
My melon, my apple, cucumber, pineapple, kiwi
 
I want your love, I'll pick up every berry
You hide in the basket I carry
Don't you see I'm thirsty?
Give me now your fresh water love
 
I want your love, I'll pick up every berry
You hide in the basket I carry, yeah
Don't you see I'm thirsty?
Give me now your fresh water love, oh...
 
I don't want tideous talk, to be given a diamond ring
I don't want to be caught in a pathetic world
Where everyone is selfish, where money is king
 
You are a sweet refresh to me, are a juicy fruit chew
My melon, my apple, cucumber, pineapple, kiwi
 
I want your love, I'll pick up every berry
You hide in the basket I carry
Don't you see I'm thirsty
Give me now your fresh water love
 
I want your love, I'll pick up every berry
You hide in the basket I carry, yeah
Don't you see I'm thirsty?
Give me now your fresh water love
 
Oh... you are a sweet refresh to me, are a juicy fruit chew
My melon, my apple, cucumber, pineapple, kiwi
 
I want your love, I'll pick up every berry
You hide in the basket I carry
Don't you see I'm thirsty?
Give me now your fresh water love
 
I want your love, I'll pick up every berry
You hide in the basket I carry, yeah
Don't you see I'm thirsty?
Give me now your fresh water love
 
I want your love, I'll pick up every berry
tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:30
link do post | DINAmizar

Acordei O Vento

Letra: Rosa Lobato de Faria

Música: Dina

Álbum: Aqui E Agora (1991)

 


 

Sim, por ti chamei

Pedi, chorei, perdi

Pensei que viver sem ti

Apagava o sol, viciava a lei

 

Sim, descobri

Não era o caos nem o fim

 

Acordei o vento

A gritar razões

A rasgar canções

A saber de mim

 

Adeus amor

Aposto que o sol

Nasce de manhã

Amor

Eu gosto de uma lua de mel

Entre a maré e a minha pele

Sem ninguém

Barco à espera

Areia d’outra  margem

Vai amor

Aposto que o sol

Nasce de manhã

Amor

Eu gosto de uma lua de mel

Entre a maré e a minha pele

Sem ninguém

Barco à espera

Noutra  margem

 

Sim, agora sei

Eu não parei aqui

Peguei, aqueci na mão

E rolei no chão

Dados que eu lancei

 

Sim, subi dobrei

Joguei em mim e ganhei

 

Acordei o vento

A cantar canções

A compor refrões

Que sem ti achei

 

Adeus amor

Aposto que o sol

Nasce de manhã

Amor

Eu gosto de uma lua de mel

Entre a maré e a minha pele

Sem ninguém

Barco à espera

Areia d’outra  margem

Vai amor

Aposto que o sol

Nasce de manhã

Amor

Eu gosto de uma lua de mel

Entre a maré e a minha pele

Sem ninguém

Barco à espera

Noutra  margem

tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:28
link do post | DINAmizar

L'Amour D'Eau Fraîche (Français)

(Rosa Lobato de Faria / Dina)

 

Quand j'ai vu tes yeux de prune et ta bouche de fraise sauvage

Oh... tant de jus, tant de miel

Sur ta peau lisse et brune, arcs-en-ciel sur ton corps sans nuages

 

Moi, j'étais sûre d'avoir bientôt mon panier de pommes

Et j'ai mandarines, raisins, églantines, abricots

 

Là-bas chez moi le soleil fait la fête

Toi, tu me fais tourner la tête

Mon amour, j'ai soif

Donne à boire tes lèvres d'eau fraîche

 

Là-bas chez moi le soleil fait la fête

Toi, tu me fais tourner la tête

Mon amour, j'ai soif

Donne à boire tes lèvres d'eau fraîche, oh...

 

Quand j'ai vu sur ton sourire les couleurs de mon tendre pays

Oh... tant de fleurs, tant de fruits

Pêches, oranges et lilas, bégonias, pâquerettes et soucis

 

Moi, j'étais sûre d'avoir conquis mon panier de roses

Framboises, grenades, muguet, capucines et kiwis

 

Là-bas chez moi le soleil fait la fête

Toi, tu me fais tourner la tête

Mon amour, j'ai soif

Donne à boire tes lèvres d'eau fraîche

 

Là-bas chez moi le soleil fait la fête

Toi, tu me fais tourner la tête

Mon amour, j'ai soif

Donne à boire tes lèvres d'eau fraîche, oh...

 

Oh... moi, j'étais sûre d'avoir conquis mon panier de roses

Framboises, grenades, muguet, capucines et kiwis

 

Là-bas chez moi le soleil fait la fête

Toi, tu me fais tourner la tête

Mon amour, j'ai soif

Donne à boire tes lèvres d'eau fraîche

 

Là-bas chez moi le soleil fait la fête

Toi, tu me fais tourner la tête

Mon amour, j'ai soif

Donne à boire tes lèvres d'eau fraîche

 

Là-bas chez moi le soleil fait la fête

tags:
publicado por zonaDINAmica às 10:25
link do post | DINAmizar

zonaDINAmica

Clube Oficial de Fãs da Cantora e Compositora Dina
 

 

NOTAS:

a) Para uma maior comodidade, utilizar o MENU abaixo na navegação.

b) Se gosta da música da DINA participe activamente neste Blog, clicando em 'DINAmizar', e leia as participações de outros fãs, em 'DINAmizações' (ao fim de cada texto). Deixe a sua pegada no nosso LIVRO DE VISITAS e entre no Clube Oficial de Fãs de DINA (clicar em CONTACTOS)

 

 

 

MENU

FACEBOOK zDm
DESTAQUES
AGENDA
SOBRE O ZDM
BIOGRAFIA
DISCOGRAFIA
LETRÁRIO
FOTOS
ARTIGOS
MULTIMÉDIA
EXTRAS
VARIEDADES
LIGAÇÕES
CONTACTOS
PARCEIROS
LIVRO DE VISITAS

Músicas: DINA 2008


Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

subscrever feeds